Histórias centradas na terceira idade conquistam o cinema

Cada vez mais filmes retratam a vida e a realidade dos idosos. A indústria cinematográfica começa, de olho no mercado, a prestar mais atenção nas experiências das pessoas da terceira idade, seja para  gerar nossas reflexões ou apenas nos divertir, varias películas têm como tema esta faixa etária, cada uma a  vendo com uma particular visão.
 
Um casal britânico de mais de 70 anos é separado pelo câncer. Após a morte da mulher, Arthur encontra um novo sentido para a vida cantando em um coro, hobby de seu antigo amor. Em cartaz nos cinemas alemães, a tragicomédia Song for Marion tem Vanessa Redgrave e Terence Stamp nos papéis principais e é mais um filme que mostra a vida na terceira idade. Cada vez mais diretores estão focando suas câmeras em protagonistas idosos. O tema não é novo ou revolucionário, mas nos últimos meses, diferentes filmes, de variadas nacionalidades, chegaram aos cinemas observando as diferentes facetas de envelhecer.
 
A tendência não se limita a um gênero. Está presente em filmes mais melancólicos e autorais, como Gloria, vencedor do prêmio de melhor atriz na Berlinale 2013 e que trata da transição entre a idade adulta e a velhice; e em histórias cheias de humor, como o bem sucedido O Exótico Hotel Marigold. A diversidade dá origem a abordagens cinematográficas completamente diferentes do processo de envelhecer e de questões relacionadas à morte.
 
Em comédias como E se Vivêssemos Todos Juntos?, de Stéphane Robelin, e O Quarteto, de Dustin Hoffman, os grisalhos protagonistas querem “sugar o tutano da vida”, como escreveu o autor americano Henry David Thoreau. Outros trabalhos, como o vencedor do Oscar Amor, de Michael Haneke, ou o documentário Vergiss mein nicht (“Não se esqueça de mim”, em tradução livre), de David Sieveking, tratam de temas mais difíceis como a demência e a eutanásia.
 
Fidelidade e vivência
Fatores econômicos têm, sem dúvida, um papel nessa tendência. Na era digital, o considerado “cinema de arte” voltou a ser lembrado, já que tem um público alvo confiável: os idosos. “A indústria cinematográfica descobriu que, para minha geração, cinema não é só assistir um BluRay ou um filme online na internet , mas ir ao cinema com um ritual culturalmente sólido”, disse Dieter Hertel, diretor do cinema Rex-Lichtspieltheaters em Bonn, na Alemanha.
 
Tradicionalmente, cerca de 50% do público que frequenta o cinema em Bonn tem acima de 50 anos. Possivelmente, produtores têm deliberadamente escolhido temas nos quais os idosos possam se identificar, juntando um público fiel a filmes de orçamentos mais modestos.
 
Uma outra explicação seria a idade dos respectivos diretores. Talvez, só agora com 70 anos, o austríaco Michael Haneke tenha a compreensão e a bagagem necessária para fazer um filme como o premiado Amor. Mesmo famosos atores de Hollywood como Dustin Hoffman e Clint Eastwood, ambos com mais de 60 anos, têm feito filmes com orçamentos mais modestos e protagonistas sexagenários.
 
No entanto, essa explicação é limitada, já que Song for Marion, por exemplo, foi dirigido por Paul Andrew Williams, um inglês de 40 anos. A história da divorciada de 58 anos lutando contra a solidão no chileno Gloria foi contada pelo diretor Sebastián Lélio, de 39 anos.
 
Mudança demográfica
Não se pode negar o sucesso dos filmes onde o tema é envelhecer. Não importa a maneira, o que importa é que essas histórias estão sendo contadas – e com sucesso de crítica e de público. O Quarteto faturou US$ 45 milhões nas bilheterias de todo o mundo. Já O Exótico Hotel Marigold arrecadou US$ 134 milhões. Claramente, esses filmes têm um grande fator de identificação para uma sociedade que envelhece. O cinema refletiria então uma mudança demográfica? Teria uma geração, que tem medo de envelhecer, achado no cinema uma maneira bem humorada e séria de encarar a decadência e a morte?
 
“O cinema é, como todas as outras formas de arte, um gerador de discursos. Ou seja, um campo em que se pode confrontar com medos e situações da vida e simular soluções”, diz Britta Hartmann, especialista em cinema e que considera que o fenômeno não é passageiro. “Numa sociedade onde a idade média está cada vez mais avançada, as implicações do envelhecimento, problemas físicos e mentais, doenças e a morte serão abordados com maior interesse e profundidade.
 
Mudanças numa Casa de Repouso na Argentina
 
O filme Juan e a Bailarina, dirigido por  Rafael Aguinaga, reflete o que acontece quando um grupo bastante eclético de idosos, confinados num asilo, fica sabendo que a Igreja Católica clonou Jesus, exatamente no mesmo momento em que a rotina do local vira de pernas pro ar por causa das férias e da ausência de um mês da enfermeira que cuida deles? A história avança em cinco partes: Uma Notícia Espetacular; Um Acontecimento Desafortunado; A Terceira Casa de Marte; Operação Vôo da Águia; e O Apocalipse.
A vida no asilo Nossa Senhora da Misericórdia se transforma em caos quando o filho da enfermeira, apelidado pelos velhinhos como A Bruxa, toma o seu lugar na gerência do local e passa a oprimir o grupo, formado por moradores dóceis e pacíficos. Ele lhes tira a TV, a única diversão, deixando-os apenas com um rádio de pilha como contato com o mundo externo. A este grupo oprimido acaba de se juntar uma senhora elegante que, depois de perder o filho, é abandonada na casa por sua nora.
A notícia do clone de Jesus incendeia o asilo, provocando diferentes reações entre novos e veteranos moradores. Alguns se unem decididos a ajudar este novo Jesus em sua missão. O clone desapareceu mundo afora e está pedindo para que todos o ajudem na busca pela cura de uma doença até então incurável. Mas antes, eles precisam se rebelar contra A Bruxa e seus desmandos, superando seus medos e limites físicos para dominá-lo e assim conseguir sair do asilo à procura de Jesus. Durante esta aventura repleta de bom humor, fortes amizades se estabelecem e paixões são despertadas
 
Materia enviada pelo Odontogeriatra Stefano Frugoli Peixoto.
Escritos  por Site Coisa de Velho.com e por Vortex Cultural
 

Relação de filmes que possibilitam a discussão  de várias facetas sobre o envelhecimento

Escrito por Vitória Kachar,Pesquisadora no Site Portal do Envelhecimento(SP)e complementos de Fernando  Montenegro(SP)

“A Janela”: resgate do ocaso -( "La Ventana", Argentina,2009,Direção:Carlos Sorin,85 min.)

As imagens da velhice no cinema (  Bom artigo por  Clarice Elhers Peixoto,Cadernos Pagu (13) 1999: pp.357-369)

Uma visão dura sobre a imigração na era globalizada ("Import,Export",Austria, 2007, Direção:Ulrich Seidl)

O Almoço de Ferragosto ( Italia, 75 min,Direção: Giani di Gregorio,2008)

A Balada de Narayama,  (Japão, 1983, 130 min,Direção: Shoei Imamura)
A dança da vida ( Brasil,2008, 80 min,Direção:Juan Zapata)
A Dona da História (Brasil,84 minutos,2004, Direção: Daniel Filho)
A eternidade e um dia - "Mia eoniotita ke mia mera" (Grécia/França/Itália, 1998, 130 min.Dir: Theo Angelopoulos)
A Família Savage ( Estados Unidos, 113 min,Direção :Tamara Jenkins, 1989)
A Partida (Japão, "Okuribito",2009, Direção:Yogiro Takita,131 min.)
A última grande lição - "Tuesdays with Morrie", 1999,Dir:Mick Jackson  (livro: A Última Grande Lição - O Sentido da Vida - Mitch Albom)

Amor ( "Amour", Austria/França/Alemanha, Direção : Michael Haneke, 2012, 127 min) 
Antes de Partir – (The Bucket List, EUA, 2007, 97 min,Dir: Rob Reiner)
Ao Entardecer   (EUA/ Alemanha, 2007, 117 min,Dir: Lajos Koltai)
Arte de Viver - (Pushing hands, China, 1992,Direção: Ang Lee,101 min)
As Coisas Simples da Vida -  ("Yi Yi" / , Japão/Taiwan/2000, 173 min,Dir:Edward Yang)
As confissões de Schmidt - ("About Schmidt", EUA, 2002, 125 minDir: Alexander Payne)
As pontes de Madison - ("The Bridges of Madison County", EUA, 1995, 135 min,Dir:Clint Eastwood)
Baleias de agosto - ("The Whales of August", EUA, 1987, 91 min,Dir:Lindsey Anderson).
Banhos –  "Xizhao" (China, 1999, 92 min,Dir:Zhang Yang).
'Benjamin Button'( 2008, EUA, Dir: David Fincher, 155 min) 
Buena Vista Social Club, (ALE-EUA-FRA-CUB, 1999, 101 min,Dir: Win Wenders)

O Escafandro e a Borboleta ( 2007, França e EUA,112 min,Dir: Julian Schnabel)
Documental Envejecer Viviendo: Rivera, (2009, Uruguai,Direção:Gabriela Guillhermo)

Cantoras da Rádio Nacional( Dir: Gil Barone e Marcos Avellar, 2009, Documentário)

"Café dos Maestros" ( 2008, BRASIL/INGL/ARG, Dir: Miguel Kohan, 100 min)
Chega de Saudade  (Brasil, 2008,Dirigido por Laís Bodanky,92 min.)
Chuvas de verão – (Brasil, 1977, 86 min.Dir:Cacá Diegues)

Cocoon - ( EUA – 1985, 118 min e mais o Cocoon II(1988).Direção:Ron Howard)

Coisas do Amor - ("Never Again" – EUA, 2001, 97 min. Dir: Eric Schaeffer)
Colcha de retalhos - "How to Make an American Quilt", EUA, 1995,109 min, Dir: Jocelyn Moorehouse 
Conduzindo Miss Daisy - ("Driving Miss Daisy", EUA, 1989, 99 min.,Dir: Bruce Beresford)
Conversando com mamãe - (Espanha/Argentina,2008, Dir:Santiago Carlos Oves,80 min) 
Copacabana, (Brasil, 2001, 90 min,Dir: Carla Camuratti).
Corra Lola, corra ( Alemanha, Direção: Tom Tykwer,1998,81 min.)
Cowboys do espaço - (Space Cowboys, EUA , 2000, 135 min,Dir: Clint Eastwood). 
De bem com a vida(2009,EUA 100 minutos, Direção: Anthony Byrne)

Depois da Vida - ("After Life / Wandafuru raifu", Japão, 1998, 118 min,Dir:Hirokazu Koreeda) 
Diário de uma Paixão( EUA, "The Notebook", 2004,Direção: Nick Casseteves,121min)
Dois velhos mais rabugentos - "Grumpier Old Men", EUA, 1995, 101 min.,Dir: Howard Deutch)
Duas Vidas - ("The Kid", EUA – 2000, 104 min,Dir: John Turtleaub).
Encontrando Forrester, ("Finding Forrester",  EUA,  2000, 136 min,Dir:Gus Van Saint)
Encontro Marcado (EUA, "Meet Joe Black",1998, Direção:Martin Brest,178 min)
Escolha de Vida(Reino Unido, 2009,Direção: Simon Curtis,90 min)
Estamos todos bem -" Sianno Tutti Bene", EUA, 1989, 121 min,,Dir: kirk Jones)

Eu, Daniel Blake (GB,FR, Germ), 2016, Dir: Ken Loach, 100 min

Filhos da Natureza – (Islândia, 1970, 120 min,Dir:Fridrik Thor Fridriksson).

Garotas do Calendário - ("Calendar Girls", Reino Unido, 2003, 108 min,Dir: Nigel Cole)
Ginger e Fred - ("Ginger & Fred", Itália, 1985, 130 min,Dir: Federico Fellini).
Gran Torino" ( EUA, 2008,116 mimn, Dir: Clint Eastwood) 
Hanami- Cerejeiras em Flor (2007, Alemanha,127 min,Dir: Doris Dorrie) 

Harold and Maude: (EUA, 1971, Direção: Hal Ashby,91 min., mais  Teatro com Gloria Menezes)
Horas de Verão -( França, 2008, "L'heure d'été",Direção:Olivier Assayas,103 min.)
Invasões bárbaras, As- ( França/Canadá, 2003, Dir: Denys Arcand,99 min.)
Irina Palm  ( 2007, Direção: Sam Garbarsky,Belgica, 103 minutos)
Íris -( Inglaterra/EUA , 2001, 90 min,Dir: Richard Eyre).
José - (Brasil, 2009, Curta, Dir: Thais de Vasconcellos)
Juventude, (Dir: Domingos Oliveira, Brasil, 2008,72 min.).
Laços de ternura, (Terms of Endearment,  EUA, 1983, 131 min.Dir: James L. Brooks)

Late Bloomers-O Amor não tem fim  ( França/Belgica/Ingl, 2011,95 min.Direção:  Julie Gravas)

"Longe dela" ( Canadá,2006, 110 min, Direção:Sarah Polley)
Madadayo – ("Madadayo", Japão, 1993, 134 min,Dir:Akira Kurosawa)
Matadores de Velhinhas -( "The Ladykiller", EUA,  2004, Dir: Ethan & Joel Cohen,104 minutos)
Meu pai, uma lição de vida  - ("Dad", EUA, 1989, 117 min,Dir : Gary Goldberg):

O Lutador', (EUA,2008, 135 min,Dir: Darren Aronsky) 
Morangos Silvestres, ("Smultronstället", Suécia, 1957, 91 min.Dir: Ingmar Bergman)
Morte em Veneza  (Italia/França,1971, Direção: Luchino Visconti,130 min.)
Ninho Vazio (2008, Dir: Daniel Burman,91 min, Espanha/Argentina)
Num lago dourado – ("On Golden Pond", EUA, 1981, 109 min, Dir: Mark Rydell). 
O barato de Grace - ("Saving Grace" – 2000, EUA, 94min,Dir: Nigel Cole).
O Caminho para Casa ,("Wode Fuqin Muqin" - China, 1999, 89 min,Dir: Zhang Yimou).
O filho da noiva (2001,Argentina, Dir:Juan Jose Campanella,124 min.)
O indomável, assim é a minha vida - (EUA, "Nobody's fool",110 min,1994,Dir:Robert Benton) 
O Leitor( 2008, Dir: Stephen Daldry,EUA/Alemanha,124 min.)

O tempero da vida (2003,Grecia/Turquia,108 min, Dir: Tassos Boulmetis)
O Teu Sorriso: cotidiano de casal da 3ª idade -(2009, Curta de Pedro Freire, Brasil)
Olhos de Ressaca ( Brasil,2009, Curta,  dirigido por Petra Costa)
Os Excêntricos Tenenbaums  ( 103 min, EUA, Direção :Wes Anderson,103 min.)
Páginas da Revolução ( Direção: Roberto Faenza,1996,106 min, França/Italia/Portugal)
Elsa & Fred  (2005,Direção: Marcos Carnevale, 108 min,Espanha)

Pão e Tulipas  - ("Pane e Tulipani", Itália/ Suíça, 2000, 112 min,Dir:Silvio Soldini)
Ran   ( França/Japão,Direção: Akira Kurosawa,1985,162 min.)
Réquiem para um sonho - ("Requiem For a Dream",  EUA – 2000, 102 min,Dir: Darren Aronovsky).

Retratos da vida(França,1981, Direção: Claude Lelouch,184 min.)
Romance da empregada - (Brasil, 1988, 100 min,Dir: Bruno Barreto).
Se tivéssemos tempo(Brasil, 2007, Direção: José Eduardo de Oliveira)
Sete Pecados Capitais"(Seven", 1995, EUA, Direção: David Fincher,127 min)

Tempo redescoberto - ("Le Temps Retrouvé", França/Itália, 1999, 169 min.,Dir: Raul Riuz)
Tinha que Ser Você ( EUA,2008,Direção:Joel Hopkins,93 min)

Toni Erdmann (Germ,Aus),2016, Dir: Maren Ade, 162 min.

Última gargalhada - ("Der Letzte Mann", Alemanha, 1924, 101 min,Dir: F.W. Murnau).

Um homem chamado OVE (Swed),2015,Dir: Hannes Holm, 116 min

Uma História Real - (EUA – 1999, 111 min.,Dir: David Lynch)
Up Altas Aventuras   ( Estados Unidos, 2009, Animação,Direção Pete Docter,96 min.) 
Vênus( Reino Unido, 2006, Dirigido por  Roger Michell,95 min.)
Visitante, O ("The Visitor", EUA,2007, Dirigido por Thomas MacCarthy,103 min)
Vitus(Suiça, 2006, Dirigido por  Fredi M. Murer,100 min)
Whisky - (Uruguai - 2003, 95 min,Dire: Juan Pablo Rebella e Pablo Stoll)

Woody Allen ( vários filmes, e dos mais atuais  Blue Jasmine(2013,98 min.) é um deles.)

Ultima viagem à Vegas - (USA,2013, 105 min, Direção: Jon Turteltaub)

Era uma vez em Toquio  ( Japão, 1953, Dir: Yasujiró Ozu, 136 min.)
 
Uma Família em Tóquio - (Japão, 2013, 146 min., Direção:  Yoji  Yamada)
 
NEBRASKA ( EUA, 110 minutos, P & B ,2013,Direçaõ:Alexander Payne)
 
SE VIVÊSSEMOS TODOS JUNTOS (Alem/França,2010, Direção: Stephane Robelin, 136 min)
 
ALBUM DE FAMILIA ( EUA,121 min, 2013 ,Direção: John Wells)
 
PHILOMENA ( UK,EUA,FRA;98 min, 2013,Direção: Stephen Frears)
 
O ULTIMO AMOR DE MR. MORGAN (BEL, ALE,FRA, EUA, Direção: Sandra Nettelbeck,2013, 116 min)